Um Pouco Sobre Amizade

Fico a pensar sobre o que rege as amizades. O que leva alguém a ser amigo de outra pessoa, a se doar, a querer compartilhar sua existência – regada a felicidades e tristezas – com outro alguém que, se não fosse a nossa escolha, nunca faria parte da nossa vida.

Amizade é, e eu já falei disso, afinidade. É se ver no outro, estar à vontade naquele meio, fazer parte de algo. É um relacionamento mais genuíno, porque você é amigo simplesmente porque é amigo. Diferentemente do amor ou da paixão, não há tesão regendo esse sentimento que, regado ou não, tende a ser tão belo.

Dias desses, numa terça-feira gastronômica, no meio de um verdadeiro orgasmo salivar, acompanhado de minhas quatro fiéis escudeiras e de meu namorado lindo eu pensava sobre o assunto. E, ao pensar sobre isso, me dei conta de que como, quase sempre, os iguais realmente se reconhecem.

Nesse grupo específico, somos todos bem parecidos, apesar das nossas muitas diferenças. O politicamente correto passa longe de nós e ninguém poupa o outro. Cínismo e ironia transbordam na nossa convivência e, sinceramente, não vejo como poderíamos ser mais amigos. Por essas quatro meninas, especificamente, eu seria capaz de fazer coisas que, desculpem-me a sinceridade, eu sequer cogitaria fazer para meu irmão.

Claro que as nossas diferenças às vezes saltam aos olhos, mas acredito que seja essa diferença em especial que dá a liga da relação. E me pergunto, muitas vezes, como entre tantos, acabamos nos escolhendo. Para, no final, deixar essa dúvida pra lá e curtir essa nossa relação, tão divertida, tão intensa, tão sincera. Mais divertido ainda é pensar que nos conhecemos e ficamos amigos no trabalho, logo lá, onde ferrar o outro é quase sempre a tônica existente.

Meninas, vocês sabem quem são e é pra vocês esse post bobo. Porque, querendo ou não, somos tão fofos!

Afinal, sem vocês, eu nem teria a oportunidade de me sentir TÃO normal. Obrigado por serem as minhas loucas preferidas do coração!

😛

Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou
Canção da América (Milton Nascimento)

Anúncios

8 Responses to Um Pouco Sobre Amizade

  1. é a família que a gente escolhe, né?

    dizer mais o quê?

  2. amizade pra mim é ter alguém como você ao lado e poder dizer: cara, eu te amo!

  3. Su disse:

    S2

    Love u 2.

  4. Fabi disse:

    eu não faço parte do quarteto fantástico, mas foi fácil identificar quem são…rs
    tá, tá, confesso, estou com ciúmes, mas é uma concorrência desleal..rs

  5. in.Constante disse:

    Ooowwwwnnn!

    Tão fofinho o post!

    Bem, amizade é isso. É poder ser você mesmo. Seja você oliticamente correto ou não. E, inclusive, ter diferenças tão pontualmente grandes que se tornam tão miseravelmente pequenas diante do todo.

    Ah, e eu até acho que poderia elencar alguns motivos pelos quais vc faria muita coisa por elas e não por seu irmão hahaha.

    Xêrinho!

  6. lobo disse:

    O que leva? Depende de pessoa pra pessoa. Acho justo não conseguirmos uma definição… muitas vezes realmente não fazemos ideia do que faz a liga que mantem certas pessoas próximas, mas elas estão, então como explicar?

    Eu acho que é mais uma questão de acaso do que de escolha… embora tenhamos sempre a opção de NÃO querer a amizade de alguém…

    Um beijo!

  7. Caju disse:

    Eu ando tão arredio aos meus amigos…

  8. Cara Comum disse:

    Pois é… Poucos amigos, mas bons amigos… Eis meu lema!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: