Síndrome de Peter Pan

Sempre gostei de fazer aniversários. Bom leonino que sou (ou era, não sei! Um amigo me fez um mapa astral e disse que meu sol está exatamente em Leão e em Câncer, porque nasci exatamente no dia da mudança e bla bla bla. Mas meu ascendente é Leão, então digo que sou Leão e foda-se! Na verdade, nem acredito nisso) adoro ser o centro das atenções, o mimo e, claro, os presentes.

Mas esse ano tá sendo meio diferente. Na verdade, não estava, porque eu mesmo já marquei mil comemorações com os meus amigos (pré-comemoração, comemoração e pós-comemoração, pois é, sou exagerado) e estava ansioso pelo tal dia. Mas eis que nessa semana que antecede a data, estou pensativo. Não sei dizer porque, mas fazer 29 anos está me incomodando. Eu não quero envelhecer #ProntoFalei

Eu sempre fui um cara de 20 e poucos anos. Pelo menos desde que comecei a realmente me sentir gente, eu sou um cara de 20 e poucos anos. Mas agora, fazendo 29, ano que vem serei um cara de 30. Tudo bem, já me disseram que a vida começa aos 30, que tenho muita coisa pra realizar e tal, mas, convenhamos, 30 é um número tão… pesado, né?

Também não posso mais negar os sinais da idade (ô drama!). Tenho um verdadeiro pavor de ficar careca (nada contra quem é, mas não me imagino assim) e tenho a ligeira paranóia que os meus fios de cabelo estão querendo se suicidar, soltando-se do meu couro cabeludo e indo rumo ao infinito. Besteira (meu pai e meus avós não são carecas), mas eu sou gay e tenho o direito de exercer a minha futilidade, às vezes!

Outra coisa é que meus amigos heteros ou estão casados ou se encaminhando para o casamento. E meus amigos gays estão ou na putaria ou entrando em relações estáveis. Isso é estranho. Porque apesar de parecer, eu não sou uma puta fulltime. Como meus relacionamentos anteriores me provaram, eu posso sim me apaixonar e me entregar numa relação. Mas, que culpa tenho se os caras por quem me interesso atualmente se tornam chatos ciumentos e possessivos depois de três encontros?

O engraçado é que falei e falei e mudei o foco. Ou não. Por que, quem se importa se sou ou não prolixo aqui? Esse blog é meu e eu escrevo o que quero nele. Afinal, eu já tenho quase 29 anos.

E, exatamente por isso, tomei uma decisão. Nesse ano comemorarei MUITO o meu niver, com direito a tudo que já planejei. Porque só se faz 29 anos uma vez na vida. Mas, a partir do ano que vem, todos os anos eu comemorarei meus 27 anos, simples assim. Se todo mundo faz questão de me dizer que tenho cara, jeito e voz de moleque, vou aceitar esse meu karma de ser pra sempre um pós-adulto e embarcarei na síndrome de Peter Pan pós-juvenil.

Dessa forma, bem vindos à minha melhor idade!

Forever Young!

“Sou só um homem numa boba capa vermelha
Cavando por criptonita nessa rua só de ida
Sou só um homem numa capa vermelha engraçada
Buscando por algo especial dentro de mim…”

Superman (Five For Fighting)

Anúncios

16 Responses to Síndrome de Peter Pan

  1. Edu disse:

    Pois eu te digo: não voltaria aos 20 por nada!! Os 30são ótimos e que venham os 40, 50, 60! PARABÉNS antecipados, Autor!

  2. Serginho disse:

    Assim como o Edu eu também não votaria aos 20 por nada! E sim, você é leonino eu sei que é. Nasceu no fiinzinho de câncer, tão no fim que não carregou nada do signo. Teu sol brilha forte em leão!

    Beijos

    ps: pode contratar que eu to querendo. pra não dizer que to precisando

  3. Serginho disse:

    engoli o ele ai no voLtando… deve ser a fonte muito pequena aqui e a fome (ainda não jantei, barriga roncando…)
    enfim, beijos e sucesso sempre
    arraze no niver que sempre é o melhor dia da nossa vida
    e você merece

  4. Lobo disse:

    E que se faça a festa!

    Agradeço o convite home, mas ir no Rio esse mês vai ser complicado XD. Boas festança proce ai! XD

  5. Rodrigo disse:

    Guri, comemore muito e sempre!
    beijão e quando for partir o bolo, convide!

  6. VOCÊ SE SUPEROU!!! HAHAHAHAHAHAHAAH

    Mandou bem, pós-adolescente! Adoro seus textos…

  7. mr angel disse:

    sempre te falei com começamos a morrer aos 25… e como viado… você não vai viver até os 50 anos, afinal, vc conhece algum gay de 50 anos??? NÃO!!! prova que os gays de 50 não existem… pois bem… se você vai morrer antes dos 50… e ta chegando aos 30… hmmmm faz as contas… você tem apenas 20 anos de vida…
    melhor começar a ficar rico… porque vai precisar de MUITO dinheiro para:
    – implante de cabelo
    – plasticas faciais
    – lipoaspiração
    – garotos de programa (lembre-se que estará em primeiro lugar depois dos 45 – apenas 5 anos para morrer você vai querer trepar muito)
    – viagara…

    with love

    mr angel.

  8. Suzana disse:

    Fiz questão de comentar…
    Você realmente acha que depois de me zoar por fazer trinta, eu permitirei que seus trinta passem assim? Incólume? hahaha
    E outra…pros novos amigos vc pode até mentir e dizer que tem vinte e tantos…mas sempre haverá os amigos agradáveis, tipo eu, pra lembrá-lo, pra avisá-los, enfim, pra descortinar seu disfarce! Sim, pq eu sou dessas e vc sabe.
    Por isso, aproveite os 29, pq os trinta estão logo ali. hahahahahahaha (risada maligna tipo de desenho).

  9. Giselle disse:

    Assino embaixo e ratifico tudo o que foi dito pela Suzana.
    Prepare-se pra ser chamado de “tio” no ano que vem!

  10. Tathiana disse:

    Pois eu já sou balzaquiana. Achei que seria um drama mas nem foi… O chato é que quando eu finalmente acostumo a ter uma idade, tá na hora de mudar e acrescentar mais um ano… D qq forma, muitas felicidades pra vc, em qq idade.

  11. Rafael disse:

    Esse drama todo e nem chegou aos 30 ainda…pô autor, relaxa…quero ver qdo vc estiver com 37, a meio caminho dos 38…vai chorar? rs rs rs.

    As pessoas não mentem, os 30 é a melhor fase da vida…vc vai ver, não tenha medo.

    Abração…e pena que estou longe, senão ia numa das festas que agitarão o Rio semana que vem….rs

  12. Pedro disse:

    Adorei o seu texto uhuahuahhauhuha
    Na verdade, sempre gosto deles, mas esse foi especial e me senti obrigado a comentar( algo que gostaria d fazer com mais frequencia, admito, afinal leio esse blog há mto tempooo e só me divirto, sem comentar nada) pq tenho a mesma preocupação que a sua sobre esse suposto evelhecimento no começar da vida ( na verdade, atualmente todo universo tem, neh?), a diferença é que tenho 23 anos!
    Apesar de mais novo, com certeza me utilizarei da sua idéia e a partir do ano que vem, só comemoro meus 23!

    A propósito, PARABÉNS!!

  13. Carla disse:

    Lendo seu texto não pude dxar de pensar em um amigo que comentou cmg essa semana que está todo encanado por completar 20 anos.. sim, 20!!
    Ao que parece essas mudanças mais temidas acontecem pra todo mundo.. e no fim das contas a gente acaba se adaptando..

    De qualquer maneira, eu super apoio essa ideia de continuar completando sempre 27 anos.. e mesmo se chegar aos 40 sem ter encontrado um chato, ciumento e possessivo que valha a pena, prometo continuar me divertindo com suas histórias surreais! =)

  14. Pinguim disse:

    Mas que drama estar no limiar dos trinta anos…
    Como o Edu disse e outros corroboraram eu não queria de forma alguma voltar aos 20 anos.
    O segredo da felicidade do ser humano é saber acompanhar a idade que vai tendo e colher o positivo dessa situação.
    Eu estou nos sessenta – já-e nunca amei e fui amado como agora. Claro que olhando para trás, vejo uma vida muito rica, com todas as características da idade que fui tendo e que aproveitei ao máximo; só estaria triste se não tivesse aproveitado e se estivesse neste momento a carpir porque já cheguei à minha idade. Afinal há tanta gente que aqui não chega…
    Parabéns antecipados.

  15. Caio disse:

    Algumas considerações…

    – Vc não é puta fulltime, só às vezes. Mas suas caras de pau me chocam!! haha
    – Não sei pq, mas acho q estou incluído em TODAS suas comemorações!! 2 já foram, e estou ansioso pra próxima!
    – Eu não estou nem na putaria, nem entrando em uma relação estável. Pode colocar um parêntese me excluindo nesse momento do texto!! hahaha
    – E super acho q vc podia falar q tem 22!!! hahahaha

  16. Daniel Savio disse:

    Rapaz, as vezes o que mata um amor é o sentimento de posse, maior melda isto, mas será que você está assim por que não acho alguém que você queira mesmo? Não só alguém bom para namorar?

    Fique com Deus, menino Autor.
    Um abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: