Verbetes Ao Acaso

Acho que não tenho o que dizer. Ou não tenho vontade de dizer. Não sei se são as palavras que não querem sair ou se sou eu a prendê-las dentro de mim.

Algumas foram as vezes em que abri essa página e comecei a digitar algum post e parei na metade. Qual a relevância disso pra vida do outro? Por que alguém ia querer ler baboseiras sobre a vida de alguém tão desinteressante como eu?

Estarei em crise ou será uma súbita onda de bom senso que toma conta de mim nesse momento?

Tantas perguntas, poucas respostas. Me sinto escrevendo o roteiro de algum episódio de Lost, mas não, essa é a minha vida no momento. Sinto-me como se estivesse numa sinuca de bico, com aquelas dúvidas existenciais avassaladoras, do tipo: caso ou compro uma bicicleta? Acho que nem uma coisa nem outra, eu preferia mesmo era pegar um avião e viajar pelo mundo.

Tenho sonhado acordado e tido pesadelos adormecidos. Quem é o Autor de hoje? Quem será o Autor de amanhã?

De todas as perguntas que tenho me feito, apenas uma me deu uma resposta satisfatória: sim, estou feliz, apesar dos pesares e aproveitando a vida, um dia de cada vez!

No geral, vamos indo: meu TOC anda moderado; ainda dói pensar no dito cujo; conheci e saí com pessoas interessantes; não, não estou pronto pra namorar ninguém; sim, eu odeio o Dourado; o teor alcóolico melhora o meu inglês; e estou vendendo o meu carro.

Porque eu sou assim. Um amontoado de clichês e adepto das filosofias de botequim.

Mas, o que tudo isso importa? Tudo ou nada! Só sei que me olhei no espelho e resolvi raspar o cabelo! E assim, de máquina 2, vou sendo feliz!

Carpe Diem!

“Sweet dreams are made of this
Who am I to disagree?
I traveled the world and the seven seas
Everybody’s looking for something
Some of them want to use you
Some of them want to get used by you
Some of them want to abuse you
Some of them want to be abused…”
Sweet Dreams (Eurythmics)

Anúncios

11 Responses to Verbetes Ao Acaso

  1. Gustavo disse:

    Ai ai, as filosofias de butequim!

    As vezes me sinto também como um roteiro de Lost, mas o pior detudo é que sempre tento reescrever o roteiro, mudar certas coisas, beber menos alcool, porém independente daescolha eu sempre acabo com as mesmas perguntas mesmo.

    Antes fossem elas existencias como se faziam os grandes filosofos rsrs

    Só que no final das contas me dou conta de que nem adianta mais me fazer perguntas, não vou conseguir certas respostas mesmo!

    E assim caminha humanidade… só espero fazer parte desse grupo ainda, a humanidade hehehehhe.

    Bjunda!

    PS: Odeio o Dourado também!

  2. olha…eu posso te garantir que tive tudo isso e com o tempo isso passa
    é cliché não chiclete mas passa lindamente
    e nada como um amor para curar outro
    nada como a vida rodando rodando rodando
    raspar o cabelo da sempre uma aliviada
    e casar é bom demais da conta

    beijão

  3. Hummm.. Que ótimo que no meiod essa crise toda eu consegui te tirar alguma risada… E se tah feliz é o que interessa, o resto se ajeita!!!

    Bjus

  4. Foxx disse:

    eu acho q a gente tem q escrever pra por pra fora… só pra isso

  5. Caju disse:

    Gente, eu uso a máquina 1/2 e todos dizem que eu fico parecendo alguém que acabou de passar no vestibular….hehehehe E, sim, moço, se vc está feliz assim, danem-se as outras coisas. Mas acabe com esse papo de se achar desinteressante. Inteligência, pra mim, é um afrodisíaco daqueles! E vc tem de sobra. Fora outros predicados que com certeza vc tem pra dar e vender.

    P.S.: Eu ja me queimei com castanha. E já me queimei para quebrar a castanha. E se o caju n manchasse a roupa, n seria a mesma coisa, né? XD

    Abçã.

  6. Fábio Nunes disse:

    Olá Autor!
    Acho que todos sentimos as vezes esses momentos de fraqueza, de não satisfação com a vida, com tudo. Mas a maioria das vezes são passageiras como as fases da lua. No meu caso, basta pensar demais ou ficar sozinho demais. O bom é se manter ocupado. De preferências com coisas agradáveis!

    Fábio.

  7. Rafa disse:

    Hum… pergunta que não quer calar: A vida precisava ser tào complicada? bj

  8. Daniel disse:

    Dias sim, dias não.
    Estou com deprê pré segunda-feira, então desculpe a simplicidade do comentário.
    Saudades e beijos meu amigo.

  9. viktor disse:

    Não fica assim, autor. Todos têm momentos assim, o importante é saber contornar, e saber desabafas já ajuda. Se quiser conversar, me chama lá no blog, não é porque eu estou surtando com o vestibular que não tenho um tempinho livre. Beijo

  10. Daniel Savio disse:

    Bem, seria algo de partilhar a vida com outro e com isto aprender algo que possa te ajudar (sobre relevância na vida de outro)…

    Sobre O Autor de hoje, seria alguém atrás da felicidade e O Autor de amanhã, vai ser alguém melhor do que hoje.

    Fique com Deus, menino Autor.
    Um abraço.

  11. Lua Nova disse:

    Eu adorei esse post… ontem mesmo estava dizendo pra alguém que às vezes acho tudo uma idiotice… que ninguém há de se interessar pelos descaminhos de uma bipolar… Aí, uma amiga me ligou e me contou que imprimiu um texto meu e mandou pro psiquiatra dela dizendo: “É exatamente assim que me sinto.” Poxa, pra mim valeu…
    Sempre vale a pena, Autor, e você tem uma riqueza dentro de você que seria uma pena não deixar as pessoas partilharem dela. Além disso, como disse o Caju, inteligência é um afrodisiáco dos mais interessantes e você é inteligente e sensível.
    Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: