Bate Papo Surreal

Foi uma terça-feira atípica, em todos os sentidos.

Cheguei em casa da natação cansado, liguei o computador, li uns emails, mas decidi assistir ao BBB deitado na minha cama, para imediatamente após o programa, dormir. Mesmo cansado, estava sem sono e assim, assisti a todo o programa e depois, ainda fiquei rolando para lá e para cá por algum tempo. Como não gosto de ficar assim, levantei, preparei um copo de leite com chocolate e me sentei na frente do pc.

Poucas pessoas online, nada de interessante para ler e decidi me aventurar por uma sala de bate papo da UOL. Todos sabem bem como são as salas, né? Mil horas de papo com mil pessoas para não se chegar a objetivo nenhum. Depois de muitos ‘como você é?’ e ‘qual o tamanho do seu pau?’ ele puxou papo comigo.

Um nick sutil: um nome próprio e não aquelas aberrações que vemos nesse ambiente. Perguntou a minha idade e se eu gostaria de conversar um pouco. E começamos. Papo interessante para uma sala daquelas e acabamos trocando msn.

Ele não tinha foto na exibição e eu, engraçadinho que sou, tive de perguntar:

‘Você é feio? Somente feios não colocam foto no msn.’

‘E vc é escroto? Somente alguém escroto pra perguntar algo do tipo…’

Eu ri e continuamos nosso papo. No meio da conversa ele pediu minha webcam e eu liberei. Ele me viu, fez alguns comentários e quando eu perguntei se ele também tinha, ele disse que sim, mas que não poderia abrir. Eu fui direto:

‘Beleza! Vou te deletar. Não falo com pessoas sem rosto!’

Me chamou de nervosinho e pediu meu telefone. Sei lá porque, passei. E ele me ligou e com aquela voz interessante e papo pra boi dormir, conseguiu me convencer a encontrá-lo sem ver nada dele antes. Sim, eu sei, sou louco. Mas, sei lá. Ele tinha algo mais, um bom papo, algo de sedutor que me atraia.

Disse que não sairia de casa e do meu bairro e, se ele quisesse mesmo me ver, que se despecansse de onde morava até uma pizzaria perto da minha casa e, quando estivesse lá, que me ligasse e eu desceria para encontrá-lo. Ele disse que tudo bem, que não se importava. 22 minutos depois ele me ligou e disse que estava no local marcado.

Saí de casa e ao sair do meu prédio vi o carro parado em frente à pizzaria. Ele, que me reconhecia, colocou a cabeça para fora e me chamou até ele. Era bonito, o que me surpreendeu, e tinha um certo ar familiar que eu não sabia de onde o conhecia. Entrei no carro, nos apresentamos e ele ainda fez uma brincadeirinha com respeito aos nossos nomes. Ele saiu com o carro e o papo fluia da mesma forma que no msn e no telefone. Até que ele, do nada, virou para mim:

‘Você está se fazendo de desentendido ou realmente não sabe quem eu sou?’

‘Sinceramente? Você me tem um ar familiar, mas eu não faço idéia de onde posso te conhecer.’

‘Ah, sim… É que eu sou ator, já fiz novelas na Globo e na Record. Meu nome é Fulano… De Tal!’

‘PUTAQUEOPARIU!’ – foi o que consegui dizer. Quando ele disse seu  nome e sobrenome, tudo fez sentido e o rosto familiar ganhou contornos muito conhecidos para mim e finalmente descobri de onde o conhecia.

Ele riu, eu ri e acabamos no apartamento dele, na zona sul do Rio. Aquele homem lindo, que certamente já havia povoado meus pensamentos em alguma ocasião da minha vida, famoso, ali, no apartamento dele, comigo. Me desejando, me abraçando, transando comigo.

Depois do sexo, ainda ficamos deitados na cama, conversamos, rimos um pouco. E eu fingindo naturalidade ao estar ao lado dele, alguém que eu nunca  imaginaria sequer conhecer. Tomei um banho e ele insistiu para eu ficar um pouco mais, entretanto, já passava das 3h da manhã e eu trabalharia cedo. Ele se vestiu e me levou até meu prédio.

No meu quarto, pronto pra dormir, eu imaginava como o Rio é uma esquina e como minha vida daria uma boa de uma novela (mexicana, eu admito). E quando estava quase adormecendo meu telefone tocou de novo. Era ele, dizendo que tinha gostado de me conhecer e que a noite tinha valido a pena. Que os contatos estavam salvos e que ele adoraria me rever novamente.

Pois é. Surreal pra mim.

E, como bem dizem por aí, é melhor não dizer o nome do santo. Afinal, quem come quieto, come duas vezes!

“Empapuçados de amor
Numa noite de verão
Ai, que coisa boa
À meia luz, à sós, à toa…”

Caso Sério (Ed Motta)

Anúncios

15 Responses to Bate Papo Surreal

  1. Muito interessante… eheheh

    Bjks

  2. gente
    eu sendo você casava agora
    hehehehehe
    beijos

  3. Daniel Savio disse:

    Hua, kkk, ha, ha, mas fala…

    Hua, kkk, ha, ha, mas que o repeteco te de muito mais prazer ainda.

    Fique com Deus, menino Autor.
    Um abraço.

  4. Lipe disse:

    Haha, que coisa não?

    A vida sempre dá um jeito de surpreender, em todos os momentos.

    Toda a sorte para você amigo!

  5. Paulo disse:

    Hehe… to vendo que essa mudança pro Rio fez muito bem pra vc, haha!

    beijo!

  6. J.M. disse:

    Tô bobo! Arrasou, hein gato. A curiosidade me consome, mas serei ético! Forte abraço.

  7. S.A.M disse:

    Fui me jogar de uma ponte aqui perto, acessa o site da Folha daqui a umas 2 horas e deve ter alguma atualização a meu respeito!

    Beijos! rs

  8. Carla disse:

    Meu ídolo! ^^

    Já disse que esse ar blasé é o máximo.. pegar global e nem saber quem é.. e depois ainda ir embora mesmo pedindo que ficasse mais um pouco.. =)

    Ainda bem que eu sei quem é.. ou ficaria morrendo de curiosidade.. por hora fico só morrendo de inveja mesmo.. hehe…

    Adoro!

  9. Pinguim disse:

    Às vezes a net traz-nos surpresas bem agradáveis; poucas, mas que valem a pena – eu que o diga, pois foi lá que encontrei o homem da minha vida.

  10. Rafa disse:

    Putz! Eu sei quem é! Descobri.. por algo que vc escreveu.. Não acredito! O cara é um tesão… uau… povoa meus sonhos há anos… Parabéns amigo! rsrs

  11. Caju disse:

    Noooohhh! Eu juro que não tô nem um pouco a fim de saber quem é. Juro!

  12. Foxx disse:

    eita!
    as coisas estão pegando fogo no rio então?
    hehehe

  13. viktor disse:

    Estou de volta. E olha, mais animado depois da sua postagem. Quem diria, ein! bate papo uol está melhorando.. hahaha. Boa sorte com o carinha, bj.

  14. Sarah disse:

    Como boa blogueira que sou, e por prezar aquilo que eu e os companheiros do blogger criam, venho por este meio informar que este blog: http://quasetudoquasenada.blogspot.com/ é constituído maioritariamente por cópias não autorizadas de textos daqueles que, como nós, expõem a sua arte na internet. Eu sou uma destas vítimas e ela recusa-se terminantemente a apagar aquilo que só a mim pertence.
    Estejamos juntos na luta contra o plágio! Plágio é crime!!
    Hoje ela moderou os comentários e apagou a indignação dos lesados!!

    Se ela não for impedida de continuar roubando aquilo que é nosso, a próxima vítima poderá ser você….

  15. Leandro K disse:

    Essa coisa do Google Reader não me avisar dos post novos aqui é um saco… Achei que estava abandonado… quando venho ver, tá tudo de ponta cabeça e o sr está aprontando com gente famosa!!! =O

    =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: