Beijo e Discriminação

beijo“Beija eu!
Beija eu!
Beija eu, me beija
Deixa
O que seja ser…

Beija Eu (Marisa Monte)

 

Essa eu li na Folha Online.

 

Rio de Janeiro regulamenta lei municipal que pune discriminação a beijo gay
ANDRÉ ZAHAR
Colaboração para a Folha de S.Paulo, no Rio

Um decreto da Prefeitura do Rio publicado no “Diário Oficial” regulamentou duas leis que prevêem punições a “todo ato de discriminação praticado contra pessoas, em virtude da orientação sexual destas.” Poderão ser aplicadas multas (a partir de R$ 2.290), haver a suspensão do funcionamento e mesmo a cassação do alvará.
A prefeitura também criou um canal de denúncias por e-mail e telefone e disse que, antes de punir, irá realizar ações educativas.
Os principais alvos são bares, restaurantes ou outros estabelecimentos que impedem casais gays de se beijarem ou de trocarem carinhos em suas dependências.
No Estado de São Paulo, existe lei semelhante desde o ano de 2001.


O que eu penso disso?
Não sou de ficar demonstrando carinho em público (nem quando eu namorava mulher, isso é coisa minha mesmo), mas não vejo porque os gays tem de ficar se podando em demonstrar carinho com medo de levar porrada ou serem expulsos de determinado lugar. Acho que tudo tem limite e um beijo ou carinho sutil não deve ser censurado.
Assim como também acho que quase-coito é ridículo. Tanto para gays que não se controlam e quase transam no meio do povo ou para casais heteros sem noção que pouco se importam com quem passa à sua volta (aqui em Petrópolis tem uns adolescentes que praticamente transam nas esquinas de tão vorazes que são os ‘carinhos’).
O que lamento é que algo tão natural necessite de uma lei para que aconteça sem transtornos.

Anúncios

16 Responses to Beijo e Discriminação

  1. pinguim disse:

    Completan«mente de acordo contigo.
    Abraço.

  2. Edu disse:

    Assino embaixo de cada palavra!

  3. Sano disse:

    Realmente é uma pena mesmo que seja necessária tal lei.
    Mesmo assim, é um “progresso” pra quem gosta de demonstrações públicas de afeto.

  4. Thiago disse:

    Bom, eu sempre tive problemas os bares nao-GLS de Curitiba por esta questao. Ate mesmo em um bar GLS uma vez, pediram pra gente maneirar (tudo bem que meu ficante tava me chupando debaixo da mesa né, maas..).

    Fico realmente triste que as coisas só funcionam se forem sancionadas leis.

    Te adoro!

    Bjao!

  5. Daniel Savio disse:

    Concordo que com a criação de uma lei, fica bem mais facil proteger os nossos direitos, mas será que essa lei vai ter divulgação a tal ponto que todos prejudicados saberem o número?

    Eu acho que ai que pega, pois temos quilos de lei e não sabemos nenhuma número…

    E o final de semana, foi tudo tranquilo?

    Fica com Deus, Sr Autor.
    Um abraço.

  6. também acho mas essas coisas sao necessarias porque tem muito veado idiota

  7. também acho mas essas coisas são necessárias porque tem muito veado idiota

  8. Lú - RJ disse:

    Concordo plenamente com td o que vc dsse. As pessoas não precisam quase que “transar” em público sejam elas héteros ou gays, mas ach queum beijo nao agride ning.

    Estou retribuindo a visita em meu blog e estou te linkando tb!

    Gostei muito daqui!

    Bjs!

  9. K disse:

    Demonstrações públicas de afeto deveriam ser probidas até as pssoas saberem diferencia sexo de afeto. Mas até lá, que todos possam fazer as mesmas coisas! =D

  10. Tanta Coisa! disse:

    Uma das coisas mais chatas é a auto-censura interna que em público vc tem que se fazer, essa lei é importante. Bj

  11. misterangel disse:

    vocês ai no rio q são felizes!!!
    aqui em são paulo, onde tudo é liberado… a gente tem q aguentar essas bichinhas se pegando meio da rua!!!
    por isso que sempre ando com uma havaianas na minha bolsa…
    assim que vejo duas bichinhas se acatracando… já dou uma chinelada na cara d cada uma… pra ver se morrer…
    eita peste…
    viado é uma praga q dá em td quanto é lugar….

    humpf… bem franca…

    with love

    mister angel.

  12. Sieger disse:

    É verdade…
    É tão dificil ser gay…

  13. dctucci disse:

    Realmente é algo muito forte,mas como brasileiro só aprende na força ( e no bolso ) que venham mais destas leis.

    Abração!!

    http://www.ramsessecxxi.blogger.com.br/

  14. FOXX disse:

    leis servem para isso
    para controlar coisas q consideramos naturais

  15. Uillow disse:

    Tudo o que é diferente, se não tiver nada que controle, não rola. O problema é a cultura do povo, e não a lei em si. Acho que com a lei, as pessoas se verão “obrigadas” a ver de uma maneira natural e então, quem sabe num futuro isso ocorra sem ninguém lembrar da regra…

    Beijo rapaz!

  16. Zeca disse:

    Infelizmente as leis são necessárias para que, com o tempo, as pessoas aprendam a respeitar os direitos (e os deveres) do outro.
    Felizmente existem pessoas preocupadas com essas questões e criando essas leis.
    Todas as diferenças passam por isso, como é o caso dos direitos ds mulheres, das crianças, dos negros e de tantas outras diferenças que sofrem/sofriam discriminação…
    Já começaram até a discutir a aplicação da Lei Maria da Penha (violência contra a mulher) para os homens que sofrem violências praticadas por mulheres…
    Então, que venham as leis para que, no futuro, diminuam os preconceitos e as discriminações.

    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: