Inquietações

Sabe quando algo te angustia?

Aquela sensação chata de que tem algo errado e de que você deve mudar?

Pois é. Essa é a sensação que me toma.

E não pensem que é dor de cotovelo pelo fim do namoro, pois não é.

É uma agonia mais abrangente: me sinto com inquietações adolescentes.

O que eu realizei? O que estou fazendo? Para onde estou indo?

 

Trabalho, moro sozinho, tenho relativa estabilidade financeira pra me dar o luxo de algumas extravagâncias, mas quero mais.

E o que faço pra conseguir esse mais? Ultimamente nada.

Tô acomodado no meu trabalho, na minha vidinha, na minha rotina.

Tenho vários planos, quero começar logo a minha pós, quero fazer o mestrado, quero viver de dar aulas (coisa que fiz por um semestre na faculdade como professor substituto e que me foi imensamente prazeroso), quero conquistar o mundo.

E o que faço? Nada. Continuo estagnado, me contentando com um emprego que paga minhas contas e me dá uma certa flexibilidade.

Lembro-me do adolescente sonhador que queria sair da cidade pequena, conquistar o mundo.

Saí da cidade pequena, finalmente. Mas e agora? Algo realmente mudou?

Acho que no fundo continuo sendo aquele garoto sonhador, que se imaginava morando sozinho, criando castelos de areia.

 

Queria uma paixão arrebatadora, alguém para quem eu olhasse e esquecesse meus problemas.

Amei, sofri, baixei a guarda e mergulhei fundo na paixão.

Acabei triste, magoado e magoando.

 

Cresci.

E tem horas que isso é um saco total!

Por que não posso voltar a ser aquele garoto magro e desengonçado que voltava do colégio prestando atenção a tudo pela rua, fazendo planos, arquitetando uma vida?

 

Ser adulto é uma merda!

Anúncios

20 Responses to Inquietações

  1. SAM disse:

    Poxa meu, to assim tambem viu!

    As vezes a gente se pergunta que rumos queremos pra vida…

    Beijão!

  2. pinguim disse:

    É verdade o que dizes, mas só agora tens a capacidade de olhar para trás, e ver tudo o que fizeste, o certo e o menos certo, e também de pensar o futuro, com ideias elaboradas e menos fantasistas. Vais ver que consegues harmonizar a tua vida a contento; o primeiro passo é teres a capacidade de análise que agora estás tendo; vai em frente, Amigo!
    Abraço.

  3. Mabe disse:

    Lindo….inquietações normais que aparecem quando resolvemos mudar algo em nossa vida.
    Mas olha, se te incomoda tudo isso, de não realizar seu sonho…joga tudo para o alto e corre ao encontro dele e faz o máximo para realizar.

    Deseje e vc irá conseguir…..assim funciona o mundo.

    E arruma logo esse msn…ja to com saudades…imagina ficar um mês sem teclar contigo……morro.

    Bjs meu lindo.

  4. Thiago disse:

    Amigoo, fica assim não! ^^

    Essa angústia incomoda, mas passa!
    É só não desistir e continuar lutando por todos os seus sonhos.

    Ser adulto é uma consequencia, mas vc só se torna adulto quando quer. Deixe aflorar aquele garoto “magro e desengonçado que voltava do colegio prestando atençao em tudo”.
    Volte a sonhar e corra atras de tudo o que deseja!

    Abraçao

  5. Edu disse:

    Nossa, posso dar um copy/paste nesse texto sem mudar qualquer vírgula! “Deixa a vida me levar” me vêm à mente nessas horas. Porra, quero levar a vida e não ser levado por ela! 🙂 Quem sabe se a gente se juntar? 😀

  6. Mauri disse:

    Cadê você do meu msn?

  7. Mauri disse:

    E no Gmail, consegue?
    mauricgj

  8. pelo que vejo você esta sendo esse garoto agora e isso é muito bom. pegue suas asas meu anjo e voe. e conte comigo sempre.
    seu diabinho preferido

    e olhe lá se você tem outro!
    humpft!

  9. DO disse:

    Impressionante como as pessoas andam reflexivas e insatisfeitas.
    Tbem ja tive muitos sonhos. Com o tempo,eles foram ficando mais e mais modestos.
    Hoje basta-me ter saude…

    Se cuida!!

  10. Razi disse:

    Menino… vc me deixou emocionado…

    Sable, a gente não consegue mudar a nossa essência, por mais que tenha vontade!

    Eu passei grande parte da minha vida querendo ser outra pessoa… querendo ser descolado, carismático, popular.. e nunca consegui, porque eu me espelhava nas outras pessoas… não estou dizendo que vc faça isso, mas era o que eu fazia.

    Depois, descobri que não adianta. Hoje sou eu mesmo, assumo o que sou e vivo bem! não sou descolado, não sou classudo, mas sou feliz… e descobri que posso fazer as pessoas felizes do jeitinho que eu sou!

    Tenho um namorado que amo, e vivemos há 4 anos juntos. E ele me ama porque eu sou o que sou. Se eu conseguisse ser descolado eessas coisas, tenho certeza que ele nem olharia pra mim! 😀

    Ah… e conquistar o mundo… isso é uma finalidade… e o problema de viver para as finalidades é que a gente, normalmente, não aprecia a paisagem em volta… e no final, chegar é chegar… sem graça… o melhor é a viagem! Então, meu querido, não se sinta parado… vc está vivendo!

    Beijão!

    ps: Menino.. quase chorei com seu post…

  11. Fabi disse:

    Também não gosto de ser adulta……. assim como vc estou paralisada e ando incomodada com isso.
    Mas se minha irmão lesse seu texto ela dira Esse é o fantástico mundo de O autor….rs
    Viu só meu blog bombando..kkkkkkkkkkkk

  12. Eduardo disse:

    Faço de suas palavras as minhas
    A diferença é que ainda sou adolescente. Ou seja, sou um adulto adolescente. Ou seria um adolescente adulto? E como poderei eu te dar conselhos sendo que estou numa pindaíba no mínimo pior q a sua?? Apesar que ainda num possuo estabilidade finacneira nem ainda fiz outras coisas q fez, mas a sensação deve ser a mesma. Até ia escever um post hj, mas perdi animo essa semana : (

    Bom, espero que isso passe!
    E se quiser meu msn: tonhoso@hotmail.com
    Boa semana! ABraços!

  13. Daniel Savio disse:

    É engraçado que o que você está passando, todos nós passamos. Sendo que sempre temos objetivos a serem alcançados e quando os alcançamos, pulamos para os próximos…

    Mas nesse periodo de mudança, ficamos meio desnorteados e sentimos saudades de tempos melhores (o que mais sinto saudades foi o meu tempo que passei de estagiario e bolsista de trabalho na UENF – uma universidade de Campos do Goytacazes – mesmo ralando muito).

    Não acho que seja ruim que você um menino sonhador, pois sonhos quem movem a vida, a nossa vida, talvez seja a falta de um “grande sonho” que esteja matando a sua motivação…

    Há pouco tempo, tive uma grande motivação, infelizmente foi uma ilusão.

    Mas bola para frente e siga em frente menino, pois tem um bocado de gente querendo o seu bem.

    Fica com Deus.
    Um abraço.

  14. Tanta coisa! disse:

    Estranho! Tem um momento perto dos 30, onde a gente passa por uma crise braba mesma. Uma espécie de recolocação existencial, um ajuste. Eu passei por isto aos 27. Que esta tua fase, apesar de dolorsa e confusa às vezes, te seja fecunda e que possas semear bem para tudo aquilo que ainda virá, como fruto deste momento. Bjão

  15. SP disse:

    Mas viver e crescer é assim mesmo!
    Temos que aprender a gerir os sinais e o nosso olhar para sentirmos o vento ou a brisa suave no rosto.
    Um abraço assim… peludo!

  16. Shi disse:

    Seus problemas acabaram: agora vc tem a super-hiper-Shi, que te ama descaradamente e que vai te levar aos mais latos píncaros de uma paixão devastadora e sem volta!!! 😀 pra isso ligue 0800-zeromilserocentosezerentaezero, e me chamaaaaaaaaaaaaaaaaa (já botei a lingerie aberta na frente, visse? :-|) Bjo, e bom finde! E liga LOGO! 😛

  17. Luan disse:

    sensacoes semelhantes essa semana…

    essa vida de formado, trabalhador e fazedor de merda é um saco!

  18. Latinha disse:

    Rapaz… também ando em uma fase “para o mundo que eu quero descer!”… mas, fazer o que… já que não dá para vencer… junte-se a eles.

    Tenho tentado (a duras penas) aprender minhas lições… e ir em frente… meio complicado eu assumo, mas … tamus ai.

    Abração para você, grande semana e se precisar de alguma coisa dá um berro! 😉

  19. K disse:

    Estou me movimentando para sair desse marasmo que também deixei dominar minha vida.. Dá medo, mas é bom!

    Boa sorte!!! =D

  20. Ludo disse:

    Bem explicou Freud: o que move o homem é a falta.
    Já pensou o que seria se você conquistasse tudo o que quer? Pra quê viver, buscar o quê depois de conquistar tudo?
    Sei bem como são essas aflições de adolescente… e jurava que elas passariam depois dos 18… cheguei aos dezoito e disse “aos 21 passa com CERTEZA”… cheguei aos 23 e perguntei “será que é agora?”… e agora, aos 24, tenho certeza que elas não passam jamais. O que muda é a forma como as encaramos, como lidamos com nossas aflições; como ponderamos nossos atos; como medimos nossas decisões; como balizamos nossa conduta…
    Enfim, não vou divagar demais aqui naum!
    É isso!
    AH! Bem disse Vinícius de Morais : “É IMPOSSÌVEL SER FELIZ SOZINHO!”
    E concordo com vc, ser adulto é uma merda! Pena que a gente não sabe disso quando, lá pelos 11 anos, ficamos loucos pra virar HOMEM… neeeeem
    rsss
    Bjão querido!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: