Depende…

Tem horas que o que mais quero é que tudo se exploda.

Mesmo com com meu sorriso no rosto e um ar de auto-confiança, por dentro posso estar despedaçado.

Fazer o quê? Vive-se de aparência.

Desde pequenos somos moldados e obedecemos a diversas convenções. Isso pode, aquilo não pode; inadmissível agir dessa ou daquela maneira; homem não chora e é insensível.

Estou aqui pra mandar essas convenções pro espaço!

Eu choro, sofro, chuto o balde.
Posso ser mulherzinha e sentimental, dependendo da circunstância, do dia ou da hora. Mas também posso ser canalha, insensível, egoísta e trapaceiro.

Não sou nem vilão nem mocinho. Sou humano, só isso!

Com altos, baixos e médias emocionais como qualquer outro ser humano.

Me cobram o sorriso no rosto a todo custo. É o preço que pago pelo meu sorriso perfeito e luminoso de garoto de comercial de creme dental. Ser bonito e ter o sorriso que muita gente gostaria de ter tem o seu preço. E eu pago esse preço, na boa!

Tem horas que sorrio sem querer sorrir, pois sei ser falso quando quero e, às vezes, é necessário.

Em outras, uso o sistema do FODA-SE! e não pouco ninguém. Ninguém mesmo, pode ter certeza disso.

E nesses dias em que acordo azedo, o céu pode estar azul, o sol brilhando, mas nada importa, pois tudo pra mim é cinza.

Como em outro dia o inverso também pode acontecer e meu lado Pollyana se manifestar para que eu consiga achar o lado bom de todas as coisas.

É nessa eterna briga entre o bem e o mal que vivo cada dia.

O anjinho e o demônio, um em cada ombro, tentando me convencer a agir dessa ou daquela maneira.

E eu cedo. Ou não.

Depende.

Afinal, tudo é relativo.

Inclusive eu mesmo, que posso ser claro ou totalmente confuso.

Entendeu?

Se sim, parabéns!

Se não, vai pro inferno!

 

 

Meu amigo André até me chamou de mal educado por causa desse texto que encontrei nos meus velhos arquivos e eu pensei seriamente em não publicar.

Mas reli e acho válido.

Porque, definitivamente, estou numa fase muito depende na minha vida.

E, creio que todos nós, vez por outra, passamos por fases assim.

Então, assim sendo, ta publicado.

Uma ótima semana para todos vocês. Em que eu desejo sinceramente que o lado Pollyana esteja aflorado e o botão do FODA-SE! desligado.

 

Anúncios

14 Responses to Depende…

  1. André disse:

    Lindo….vc sabe, te adoro, por isso falo verdade…..pois tenho intimidade para fazê-lo.
    E obrigado por tudo…mesmo estando longe.
    Te adoro.
    Beijos mil…

  2. misterangel disse:

    eu sei muito bem o q é isso: TPM… mas como vc já ta ficando velha, junta com a menopausa e daí já viu né? vira essa merda!!!
    relaxa, em breve a menopausa vem com tudo e vc fica sussegadinha!!!
    relaxa e goza!!!!

    with love

    mister angel.

  3. SAM disse:

    é tem dias que não são faceis, eu mesmo to numa maré desses!

    só falta eu estar desempregado e assistindo um dvd do calypso! pura decadénce! huahahahuahuhua

    Força querido!

    Aliããããããããããããs me add no emiéssiene depois okay?

    sanclebersp@hotmail.com
    XD

  4. Latinha disse:

    Deixa de ser chorão rapaz…. me manda teu endereço que o Tio Latinha manda o filme gravado para você 😉

    Enfim, o final de semana foi muito bom… depois eu conto… e aproveito para vir ler teu post com calma!

    Abração!

  5. Tathiana disse:

    Pois acho q valeu muito a pena publicar, eu tb sou um pouco assim… Só, no momento, não faço questão de esconder nada, de parecer bem se não estou e essas coisas. Dá trabalho d+ e não vou me desgastar com isso! rs.
    Bjs.

  6. marco disse:

    Valeu a visita no Errantes. Também gostei daqui, mesmo porque, o mundo é feito de dualidades, claro/escuro, frio/quente, sol/lua, bem/mal, negativo/positivo, enfim, esse é o eterno equilíbrio que mantém o planeta e nós mesmos vivos. Tudo é perfeito, até, às vezes, o balde que a gente chuta:)

    abs!

  7. Mogli disse:

    Pois é. Também sou mestre no sorriso quando não tenho vontade de sorrir. Só toma cuidado porque para o bigode chinês só preenchimento com colágeno. Minha dermato mandou sorrir só quando necessário…haha

  8. FOXX disse:

    ora
    claro que vale ser publicado
    até pq seu blog se chama confissões né?

    mas essa estoria de convenções é o mais irritante mesmo, vc ser taxado de mulherzinha porque chora, ah, é pra mandar se fuder mesmo! Eu choro sim! E vendo Ponte para Terrabítia!

  9. Sieger disse:

    Eu não consigo sorrir quando não devo. Por mais que tente o contrário, sou transparente.
    Mas sigo à risca o “Aperte o F de foda-se e seja feliz!”
    FFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF
    FFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF

    Abração!

  10. DO disse:

    Pois eu acho que vc fez muito bem em publicar. Afinal,como vc mesmo disse: ser humano é assim mesmo.
    Mas que fiquei curioso sobre o seu sorriso ,isto eu fiquei,rsss

    Abração!!

  11. Alex disse:

    Acho que prefiro abraçar o lado Pollyana e deixar o “Foda-se” de prontidão… sempre tem uma oportunidade que ele merece estar ativo, e quando mais você precisa ele está desligado… heheheheh

  12. Jarbas disse:

    não sei se tem muito haver dizer isso, mas tem horas que dá vontade de mandar o mundo explodir.

    beijos.

  13. acho que todos passamos por isso
    mas eu continuo mantendo ou tentando manter equilibrado meu FODA-SE interno sempre ligado sem deixar meu lado pollyana morrer
    nem sei como mas acho que no dia a dia desligar o FODA-SE não dá mais
    beijos

  14. K disse:

    Acho que não é ser mal-educado. É auto-preservação, todos nós precisamos dela!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: