Essas Coisas Que Se Passam Na Minha Cabeça…

Esse lance de namorar homem é relativamente novo para mim.
M. é meu primeiro namorado e aos poucos vou me habituando com a dinâmica de um namoro gay.
Quando nos conhecemos eu não tinha idéia que as coisas caminhariam para um namoro, mas tudo foi acontecendo de forma tão natural, que chegamos no ponto onde nos encontramos.
O que eu não imaginava é que eu teria tanta insegurança.
Em todos os meus relacionamentos com mulheres eu sempre tive o controle da situação, sempre fui seguro o suficiente e, quase sempre, eu ditava o ritmo e o prazo de validade da relação. Até mesmo quando estava completamente apaixonado eu tinha minha cabeça no lugar e, apesar da minha ansiedade habitual, conseguia comandar a relação.
Com M. está sendo diferente. Eu, que comecei cauteloso, soltei as rédeas e mergulhei de cabeça no abismo e isso tem me apavorado bastante. No início tive mil dúvidas se era o que eu queria mesmo, mas agora sei que estou onde devo estar. Mas não consigo tirar da mente a idéia do ‘…e quando acabar…’.
M. e eu somos muito diferentes. Sou extrovertido, falante, intempestivo. Ele é mais quieto, centrado, racional e, como ele mesmo diz, nunca esquece o que lhe dizem. E eu, definitivamente, não consigo interpretá-lo.
Às vezes, me passam mil coisas pela cabeça, uma insegurança infantil de que a qualquer momento ele enjoará de mim e ganharei um belo pé na bunda.
Em outras ocasiões, normalmente quando estamos juntos sinto que ele realmente gosta de mim e que é melhor aproveitar cada momento, pois, como disse o poeta: ‘que não seja imortal, posto que é chama / mas que seja eterno enquanto dure…’.
E então, em dias como ontem, quando um baixo astral (possivelmente causado por uma gripe que começa a dar os sinais) toma conta de mim e uma melancolia me abate, sou acordado no meio da madrugada pelo celular avisando que chegou uma mensagem de texto que dizia:

“tipo, tenho algo pra falar: não posso afirmar que será pra sempre, mas hoje te garanto que você é o único homem que me interessa.”

O que fazer?
Relaxar. Dormir. E acordar pensando que achei uma agulha no meio do palheiro.

Anúncios

14 Responses to Essas Coisas Que Se Passam Na Minha Cabeça…

  1. Sieger disse:

    Realmente, achar um namorado no meio é tão dificil…
    Já fui chutado, chifrado, ouvi “eu te amo” até a hora do sexo e depois fui chutado (e fiquei com:”será que sou ruim de cama” na cabeça) e conheci o Jim. Estamos caminhando para o terceiro mês. Estou contente porque (eu acho que ) finalmente as coisas estão dando certo. Dá um certo receio de cair de cabeça, porque somos diferentes (eu sou porralouca e ele é certinho demais), e também bate a insegurança básica de que um belo dia ele vai encontrar um cara lindo, magro e rico por quem vai me trocar e depois do sexo vão falar mal de mim fumando. Mas, como diz a Amy Winehouse “Enquanto as pessoas pensam nos seus problemas, eu bebo” e eu adapto para “Enquanto as pessoas pensam nos seus problemas, eu aproveito a vida sem pensar neles!”.
    Um mega abraço! Ufa, e praticamente escrevi um post aqui!

  2. Tathiana disse:

    Inseguranças… Quem não as tem? rs. Só não deixe de aproveitar as coisas boas de agora com medo do amanhã, por favor. Às vezes a gente acha q não, mas a verdade é que é nosso direito sermos felizes. E dane-se quem pensa o contrário! (ui, tô parecendo uma revoltada hoje! rs).
    Beijos.

  3. André disse:

    Qq relacionamento é assim…tem hora que temos o controle da situação e hora que não.
    Mas aproveite enquanto está bom, e tenha certeza de que vai durar o qaunto tiver que durar, seja um dia a mais ou anos a frente.
    O que importa é ser feliz, e agora…
    Beijos

  4. marllon disse:

    entrei de bico e ja to comentando
    só posso te falar uma coisa, aproveita
    esquece essa coisa de “e quando acabar”
    vai durar o tempo necessário e você vai
    aproveitar o maximo que pode, e de vez enquando
    é bom perder as redeas, e as regras
    se jogaaa nisso, se te faz bem

    bjo

  5. Betto Mendes disse:

    Ah, não acredito!
    Eu tinha escrevido um monte de coisinha bonitinha, mas deu erro aqui e eu perdí tudo!!! Q raiva!!! >:O

    rsrs

    Resumindo, amigo: Insegurança é normal, basta só relaxar e gozar (literalmente tmbem, ne?! rs), até pq não sabemos o que acontecerá no futuro. 😉

    To te linkando no meu blog, ok?!
    Bjos!

  6. disse:

    Humm…

    Vou te contar o que é falta de álcool no organismo… risos… Pode deixar, nessa sexta, vou pra Diamantina, show de Victor e Léo e vou tomar todas e mais um pouco… rá, rá, rá…

    Ah, eu amo ler essa história, sabe…apesar de longe, me sinto perto, participando de cada descoberta…

    Que tudo, ser acordado no meio da madruga pelo celular… lindo, é o seguinte… vai fundo… mergulha sem medo do amanhã… porque vc vive no hoje e se tem hoje uma agulha preciosa assim, esquece o palheiro.

    Beijão Karinhoso

  7. Sua melhor amiga .. hahaha disse:

    Mentiroso, vc sempre foi inseguro sim……………………. e isso é normal em qualquer relacionamento, hetero ou não!!!
    Mas como já conversamos, aproveita o momento, se por acaso não existir o pra sempre pra vcs dois, vc sabe q pode contar com muitos amigos q te adoram
    beijos

  8. loba disse:

    inseguranã faz parte da paixão – na maioria das vezes! e se o sr não se sentiu inseguro antes é pq não eseve tãoapaixonado assim ne? rs
    qto à atual insegurança, não há o que fazer senão driblá-la para que não interfira nos bons momentos. e é isso: curta intensamente o eterno enquanto durar!!!
    beijoconas

  9. Pedro disse:

    Insegurança é normal diante do novo. O ideal é você aproveitar o momento e ver no que vai dar, sem medo de ser feliz!

  10. jarbas disse:

    falar de relacionamentos é sempre muito complicado, ao menos pra mim, por que eu nuca tivo um [risos] de qualquer maneira eu acho que as diferenças tem completar um ao outro.

    acho que aquele velho ditado cliché cabe agora: “viva cada dia como se fosse o último”

    até;

  11. Edu disse:

    O povo já disse tudo! Então eu deixo meu beijo!

  12. DO disse:

    Complicadas as relações humanas estão mesmo. E não so as homo. Mas vc faz muito bem em manter-se com os pés no chão . Só tome cuidado pra não exagerar e deixar de aproveitar os otimos momentos que vcs têm em comum.
    Se um dia terminar,paciencia,pelo menos vc viveu.

    Se cuida!!

  13. misterangel disse:

    ta dominado!!! ta tudo dominado!!! hahahaha
    bicha apaixonada é uó heim???
    eu q o diga, rsrsrs

    with love

    mister angel.

  14. Alvim disse:

    Amigo,

    Insegurança fará parte de quem ama, é natural! Me sinto assim também quando estou distante, porém, quando vejo meu namorado, tenho absoluta certeza que nos amamos e que o respeito e carinho é fundamental. Nunca tinha experimentado sentimento igual em toda minha vida com mulheres. Desacreditado, hoje sei o que é amor, mas preparado pra perdas, que podem acontecer por diversos meios, mesmo que cause dor.Assim AME E VIVA CADA MOMENTO COMO FOSSE ÚNICO! bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: